sábado, 4 de julho de 2009

AMOR ASSIM

(imagem: doufine)
Assim... amoroso, de mãos dadas
Como se nada fosse ventar
Como se nada fosse matar
Assim...formoso, de almas grudadas

Corpos encaixados e suados
Olho no olho, pele na pele
Mãos entrelaçadas no passeio
Com anseio de quero te ter

Sonho de alma, que acalma
Que conversa a noite inteira
Que timidamente pede pra fazer amor
E selvagemente o faz

Quero um amor assim
Aquele do aconchego
Que basta um beijo
Pra saber que existe

Que resiste e persiste
Embora temporais o tentem
As mãos continuam ligadas
E os olhos transcendendo

Compondo jardins
Plantando canções
Rimando olhares
Sonhando você
Bem assim..

3 Comentários:

madinha disse...

Ai, amiga...queria poder colocar no papel exatamente o que quero, assim como vc faz. Essa poesia e,também,"Preciso Dizer", parecem que sairam de dentro de mim. AQcredito que para amar não é preciso estar perto. É preciso estar dentro de tal maneira que nem a distância conseguiria separar.
Beijos em seu coração!

Mônica disse...

Querida, muito lindas tuas palavras... quisera fossem minhas, bjos pra ti...

LIGIA disse...

amada lidia,
kd vez mais lindo e refinado teu talento
parabéns