quarta-feira, 26 de agosto de 2009

LICENÇA POÉTICA

As árvores não me dizem não
E os pássaros me voam
Enquanto o rio que me passa
Leva chorando meu barco

Levo vida passa hora
Não sei pisar no chão
No céu me vôo
E as nuvens por mim passam

Levo ilesa meu vento
A chuva só me lava
O sol que me queima
No mar vai afogar

No jardim me embrenho
Samambaias me saúdam
Roseiras me espinham
Amoras se queixam
E eu....poeto!!!


1 Comentário:

arlete disse...

Nossa! Quem é vc? mulher do eu...ou o eu de mulher...quisera saber apenas nas tecladas, que ousadia a minha...vc é um labirinto mas que começo a observar de cima, assim terei chance de ver o todo...Vc é aquele eu de ontem / Não...camuflada de"comum" o incomum, o incerto, o poético, alcançar vc não é tarefa fácil...Ah..sorte a minha ter encontrado meu "eu"...Bj Lete