sábado, 8 de maio de 2010

À MULHER QUE EU AMO

Uma vida inteira é rápido demais

Quando a gente vê

O chão sobe pro céu

http://gavetasdalidia.blogspot.com/2009/09/perdas-e-danos-so-um-desabafo.html

16 Comentários:

Silvia C. Barbosa disse...

Oi Lídia!

Quero te deixar um beijo, um carinho. Nada comparado a poesia que se foi, mas uma constatação: você não está só.

Sei cada coisa ali escrita, até as "picuinhas" faz nossa felicidade. Cada mãe é única.

(Desculpa não ter nada melhor para dizer)

Beijos

Clecilene Carvalho disse...

Nossa que profundo!
Mas é assim, às vezes precisamos ser cuidados o tempo todo, então o nosso chão vai lá para o auto para nos abençoar. Só que a gente fica se sentindo sem chão né.

Meu chão está com a terra fofa, triste, chorosa e, assim, fico como se estive em areia movediça.Peço a Deus todos os dias que a faça sorrir.

Mãe é dádiva divida...
Mãe é eterna.

Beijos.

Pelos caminhos da vida. disse...

Nem si o que te dizer amiga.

beijooo.

Sonhadora disse...

Muito tocante.

deixo um beijinho
Sonhadora

Richard Mathenhauer disse...

Querida Lidia,

A poesia era ela.
Eis tudo, não é mesmo?

Abraços do amigo,

lis disse...

Oi Lídia
Faz tempo que a minha subiu , e nem tive tempo algum .
E nunca ninguém conseguiu sustituir esse amor que nao substitui e nao se iguala.
Seu desabafo é de filha amada , a
e as maes nao pedem retribuição, elas só amam porque sabem como seus filhos a amam, assim distraidamente.Sao todos iguais. Um amor sem regras.
Choro de saudade de uma mae que nao tive, o cordao umbilical se perdeu sem que houvesse tempo pra amá-la.
Um abraço Lídia
bom domingo

Solange Maia disse...

Lidia,

dos afetos e das lembranças não partimos nunca...

que seu coração esteja cheio desse amor pelas coisas lindas que viveram...

deixo meu carinho e o desejo de que tenha um sorriso no coração...

Vozes de Minha Alma disse...

Oi Lídia!
Vim dar uma bisbilhotada em suas gavetas, e confesso que sou felizardo por ter vindo.
Quero nestas gavetas, deixar meu fraterno abraço, desejar um feliz dias das mães, beijos n'alma.

Elaine Barnes disse...

Olá!Espeero que seu dia tenha sido alegre e bastante especial nesse dia das mães. Realmente tudo é muito rápido e o chão sempre que sobe para o céu,deixa uma saudades.
O post do doe palavras está lá nos mimos e deve utilizar sim. Claro! Montão de bjs e abraços

Zininha disse...

Oi amiga...
Nada como palavras na medida certa...
Perfeito...

Ah...ficou lindo o selinho!!!
Obrigada viu?
Beijos...

Marize Camara disse...

Oi querida Lidia obrigada pelas palavras deixada, é um conforto muito grande saber disso, que mesmo assim há alguém velando por nós, dá confiança, segurança no caminhar...

E vc disse tudo em tão poucas palavras. Ame enquanto existe tempo para amar, nunca adiei um minuto sequer da proporção de carinho que podes dar, aproveite enquanto há vida...

Um beijo carinhoso em vc e te desejo uma feliz semana.

A Madrasta Má disse...

Que o domingo tenha sido maravilhoso e a semana que se inicia ainda mais!!! bjinhos da Madrasta!

Vozes de Minha Alma disse...

Bom dia Lídia!
Muito bacana essa frase.
Uma pergunta: como não entendo muito sobre regras, selos e afins, de que maneira voce avisa outro blogueiro quando voce o indica?
Desculpe minha ignorância.
Beijos.

Leci Irene disse...

Oi menina! Tenho aqui ao meu lado a minha mamy - meu porto seguro. Vai já completar 82 anos. Fico feliz por ainda poder beijá-la e abraçá-la!

Cris Tarcia disse...

Lidia, lindo texto, simples e verdadeiro

Um abraço

orvalho do ceu disse...

Olá,
Passo para convidar vc a particIpar da BLOGAGEM COLETIVA ESPIRITUAL que foi pré lançada no meu blog dia 12 e está sendo divulgada hoje, dia 13.
SUA CONTRIBUIÇÃO NOS SERÁ PRECIOSA...
ENTRETANTO,FIQUE À VONTADE!
Um bj no seu coração