sexta-feira, 2 de julho de 2010

QUERIDOS AMIGOS

Tenho vindo muito pouco aqui em função da minha mudança de casa (ficou linda!). Pior que isso, não tenho visitado vocês.
Na minha exaustiva limpeza e organização encontrei este pequeno papel aí de cima e fiz questão de escanear e postar. A frase reflete muito bem o que está se passando comigo nas "mudanças" a que me propus. Já usei a mesma frase em outros saturnaços da vida e que não foram poucos. Coincidentemente o achei escondidinho em algum lugar e me caiu muito bem para o momento atual.
A mudança de casa ocorre neste domingo e amanhã já fico sem net. Voltarei assim que me encontrar entre as caixas na nova morada, extremamente feliz e cheia dos escritos sobre as coisas que encontrei nas minhas gavetas.
Jesus... foi mais de um mês em retiro total com minhas lembranças. A vida é maravilhosa!!
Bjus a todos.

12 Comentários:

Meri Pellens disse...

Boa mudança, aí.
Aqui fico a tua espera.
Beijos na alma!

Pelos caminhos da vida. disse...

Bençãos e muita luz, desejo para vc em sua nova casa amiga.

beijooo.

Renato Orlandi disse...

Boa sooooooorte com a mudança e as gavetas, rs, espero que consiga organizar tudiiiinho, é sempre bom revirar as coisas e encontrar coisas agradáveis... Espero sua volta migaaa e o convite para a estréia do seu novo lar! Bjuuu!

criscramos disse...

Oi amiga, felicidades no teu novo lar. Novos ares..., energias diferentes... hummm..., isso tudo é o ó.
Aguardo sua volta , Bjs.

Tânia Marques disse...

Desejo uma vida muito feliz em tua nova residência! Beijão

Calu disse...

Mudanças provocam benéficas limpezas.
Alegrias, energias positivas, luz e paz em teu novo lar!!
È tempo de celebrar!
Bjkas mil,
Calu

Richard Mathenhauer disse...

Há muita gente que não considera quem está por perto quando resolve "jogar tudo fora e começar de novo". Há muito sentimento envolvido, e pessoas não são algo descartável.

Quanto a sua nova morada, que os deuses a iluminem e você encontre nela dias felizes!

Abraços,

Rafael Castellar das Neves disse...

Boa!! Sempre pensei no refazer o avião...não nas vítmas!!

[]ss

REGGINA MOON disse...

Lídia,

Vim em visita te desejar uma ótima semana...saudades, mas encontre suas caixas tranquila, estaremos aqui...

Um beijo e boa semana!!

Reggina Moon

Anne Lieri disse...

Boa mudança,Lidia!Espero que retorne logo!Bjs,

Clecilene Carvalho disse...

Amigos - Vinícios de Moraes

Tenho amigos que não sabem o quanto são meus amigos.
Não percebem o amor que lhes devotoe a absoluta necessidade que tenho deles.
A amizade é um sentimento mais nobre do que o amor, eis que permite que o objeto dela se divida em outros afetos, enquanto o amor tem intrínseco o ciúme, que não admite a rivalidade.
E eu poderia suportar, embora não sem dor, que tivessem morrido todos os meus amores, mas enlouqueceria se morressem todos os meus amigos !
Até mesmo aqueles que não percebem o quanto são meus amigos e o quanto minha vida depende de suas existências ...
A alguns deles não procuro, basta-me saber que eles existem.
Esta mera condição me encoraja a seguir em frente pela vida.
Mas, porque não os procuro com assiduidade, não posso lhes dizer o quanto gosto deles. Eles não iriam acreditar.
Muitos deles estão lendo esta crônica e não sabemque estão incluídos na sagrada relação de meus amigos.
Mas é delicioso que eu saiba e sinta que os adoro, embora não declare e não os procure.
E às vezes, quando os procuro, noto que eles não tem noção de como me são necessários,de como são indispensáveis ao meu equilíbrio vital, porque eles fazem parte do mundo que eu, tremulamente, construí,e se tornaram alicerces do meu encanto pela vida.
Se um deles morrer, eu ficarei torto para um lado.Se todos eles morrerem, eu desabo!Por isso é que, sem que eles saibam, eu rezo pela vida deles.
E me envergonho, porque essa minha prece é, em síntese, dirigida ao meu bem estar. Ela é, talvez, fruto do meu egoísmo.
Por vezes, mergulho em pensamentos sobre alguns deles.
Quando viajo e fico diante de lugares maravilhosos,cai-me alguma lágrima por não estarem junto de mim,compartilhando daquele prazer ...
Se alguma coisa me consome e me envelhece é que a roda furiosa da vida não me permite ter sempre ao meu lado,morando comigo, andando comigo, falando comigo, vivendo comigo, todos os meus amigos, e, principalmente, os que só desconfiam - ou talvez nunca vão saber -que são meus amigos!
A gente não faz amigos, reconhece-os.


LEMBREI-ME DE VC E VIM DESEJAR FELIZ DIA DO AMIGO.

Graça Pereira disse...

Minha Querida
As mudanças trazem sempre novidades...quanto mais não seja...os papelinhos que guardamos numa ocasião específica e por uma razão qualquer...
Vejo que estás feliz...por ter que arrumar tantas gavetas novas...
Que desfrutas a tua casa todos os momentos do teu dia...
Beijocas
Graça