segunda-feira, 10 de outubro de 2011

Exorcizando os Bútias (fazendo licor)


Confesso, ainda tenho saudade de ti.
Confesso também, sou burra pra cacete
Acreditei de novo em ti
Pela décima vez (?) outra vez
Vai passar, desta vez

Já chorei, esperneie e conformei
Não da tua perda, mas da minha burrice
Mania de acreditar e se ferrar
Bem feito o feito
Lembram os butiás?

Juntei, catei, juntei e me fucei
Haja bolso, toma chá de boldo
Engole melhor, não dá azia
Teu silêncio fez barulho
Que não vai fazer voltar

Teus olhos mentiram, acreditei
Tua boca roubou meu sorriso
Safei de ti e em ti não creio mais
Me estatelei de novo e que bobo
O que o destino me fez

Que criança tu foi
Esperta e covarde
Não tenho idade
Tenho coragem
E tu? Tens o que mesmo?? ...

PS1: Os bútias já renderam outros posts, veja lá..





http://www.gavetasdalidia.com/2011/01/eu-te-dei-uma-gaveta.html

PS2: Assunto encerrado!!

4 Comentários:

M.C.L.M disse...

Lili, minha querida, mas esse Blog tá chique no úrtimo...rsrs
Parabéns!! Adorei...

Vc viu essa postagem?

http://marciacristinaliomagalhaes.blogspot.com/2011/08/desafio.html

Faz tempo...

Beijokas querida!! Ficou show o novo visual do Blog!!

Sonhadora disse...

Minha querida

A casa está muito aconchegante, adorei o novo visual.
O poema é um grito e um lamento, escrito com a alma.


Deixo um beijinho com carinho
Sonhadora

Pattr!cia disse...

Nossa! Que lindo. Vim conferir o trabalho e me deparei com tantas coisas legais.
Parabéns!
Beijo

Sonica disse...

Cheguei até aqui para ver o novo trabalho da Silvia, mas amei seu blog, voltarei com certeza!
Aguardo uma visita,
Bjs