sábado, 15 de outubro de 2011

Tempo de te Encontrar


 Hoje to a fim de te encontrar
Falando sério, amor
Deixe as coisas por fazer
E vem me confortar

O tempo não espera..

Já desci escadas
Visitei alçapões
Virei esquinas
Tombei no chão

Pois, o tempo se esvai..

Já chutei latas
Engoli ressacas
Cai em buracos
Chorei lágrimas secas

E, o tempo escorrega..

Tenho pressa sim
Tenho fome
Sede de amar
Olhos pra te encontrar

Porque o tempo não para

A água corre o rio
A lua enche e esvazia
O sol me esquenta
Cruza meu caminho

E, o tempo vai passando

Meus dias não voltam
O meu passado se esconde
O presente eu espero
No futuro te encontrar

E no tempo...

Meus olhos te espreitam
Minha boca quer teu beijo
Meu corpo te espera
Minha alma já é tua

É tempo de te encontrar!

PS: Esta poesia é dedicada ao amor verdadeiro, que ainda estou a procurar!

4 Comentários:

Pelos caminhos da vida. disse...

Bom fim de semana.

beijooo.

Sonica disse...

Lindo poema...e venha sempre, adorei sua visita!
Bj,

Orvalho do Céu disse...

Olá,querida
E que Deus faça prover o tempo logo...
Bjm de paz

Rafael Castellar das Neves disse...

Gostoso de ler...e muito criativo: lendo direto e apenas os negritos...

[]sss